Todos temos um Caminho a percorrer. E mesmo que se vá em grupo o Caminho é sempre "nosso", porque cada um sabe como vai e porque o faz, cada dia que passa ganhamos um motivo...parece mágico! Isabel Vilhena
Domingo, 3 de Maio de 2009
Noticia do "Jornal de Noticias"

Esta noticia saiu no "Jornal de Noticias" hoje, 3 de Maio de 2009, aqui está a que saiu na edição on-line mas podem ler no JN na pagina 16.

 

 

 

 

                                                                                   

 

Caminhos lusos para Santiago estão em alta

Peregrinação. São esperadas largas centenas de peregrinos portugueses em Compostela

<input ... >2009-05-03

PEDRO VILA-CHÃ

Se o ano de 2008 já havia sido generoso, com cinco mil peregrinos a trilharem os caminhos portugueses de Santiago de Compostela, os poucos meses de 2009 deixam antever que seja alcançado um novo recorde.

As razões para o sucesso dos caminhos lusos encontra-a Amaro Franco, da Associação Espaço Jacobeus (instituição responsável em Portugal pela distribuição da Credencial do Peregrino), na aposta nacional no melhoramento das condições das diversas vias até ao túmulo do Apóstolo São Tiago Maior, em Compostela.

"Após a Semana Santa, período em que se verifica grande adesão ao fenómeno da peregrinação jacobeia, este fim de semana foi eleito por mais de duas centenas de pessoas para peregrinarem, devido ao feriado de ontem (1 de Maio). No total são cerca de 250, na grande maioria deslocando-se de bicicleta", assinala Amaro Franco. Mas está prevista a chegada, hoje, de largas centenas de peregrinos portugueses à Praça do Obradoiro (Santiago de Compostela).

Os últimos anos assinalaram um grande investimento nos Caminhos. Foram desbravados alguns (por exemplo entre Guimarães e Braga) e colocada sinalética que facilita a vida aos peregrinos. "Os caminhos portuguêses são os que apresentam maior potencial, por apresentarem vários etinerários, cada vez mais indicados e com muitos pontos de apoio. Além disso, foram editados guias em várias línguas, com todo o percurso, desde o Porto e Lisboa, pois só existia de Valença até santiago", explica Amaro Franco.

Acresce a estes factores associados ao investimento nos caminhos lusos uma sobrelotação do caminho francês que, segundo Franco, "está demasiado comercializado". Apesar de ser o eleito por 90 por cento dos peregrinos, o caminho francês começa a apresentar defeitos da massificação, sendo difícil encontrar aí o espírito de peregrinação que requer silêncio e alguma solidão até.

"Nos caminhos portugueses encontra-se o espaço ideal, até porque ainda é algo inusitado para as populações residentes. Verifica-se um grande intercâmbio entre quem vai no caminho e quem vê passar", destaca Amaro Franco.

in "Jornal de Noticias" 03/05/2009



publicado por Bolhas e Ampollas às 10:28
link do post | deixe um comentário | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Hospitaleiros

Estarreja - Santiago de C...

Santiago de Compostela - ...

Padrón - Santiago de Comp...

Pontevedra - Padrón

Redondela - Pontevedra

Tui - Redondela

Rubiães - Tui

Ponte de Lima - Rubiães

Barcelos - Ponte de Lima

Porto/ S. Pedro de Rates...

Grijó - Porto

Ponte Salgueiro – Grij...

Estarreja - Ponte Salgue...

Caminho Português 2010 - ...

Caminho Inglês Junho de 2...

Peregrinos a cavalo

Oficina do Peregrino em S...

Um ministro luterano suec...

Xacobeo 2010 - Historias...

arquivos
tags

todas as tags

links
bolhaseampollas.stc@sapo.pt
Visitas
free web site counters
Online Movie Rentals
Caminheiros on-line
online
Superbock Blog Awards
Facebook
Isabel Vilhena Pires

Cria o teu cartão de visita
Xacobeo 2010
subscrever feeds